A Ponte sobre o Rio Sever e o IC 31 Castelo Branco-Monfortinho, dois dos projetos abordados na Sessão de Ligações Transfronteiriças com o Ministro da Coesão Territorial de Portugal

PORTUGALA Ponte sobre o Rio Sever e o IC 31 Castelo Branco-Monfortinho,...

O Conselho Provincial de Cáceres, convidado para o encontro, sublinha a importância da cooperação para o andamento das obras, “que já são uma realidade, e permitirão a aproximação das pessoas, maior competitividade e desenvolvimento e o desaparecimento de barreiras”.

13/01/2024, Castelo Branco (Portugal).- Quatro projetos de ligação e união transfronteiriços reuniram esta sexta-feira, em Castelo Branco, Portugal, a ministra da Coesão Territorial portuguesa, Ana Abrunhosa, e presidentes de diferentes câmaras municipais de La Raya portuguesa de norte a sul, e a primeira vice-presidente do Conselho Provincial de Cáceres, Esther Gutiérrez, além dos secretários de estado portugueses do Planeamento e Desenvolvimento Regional e outros representantes territoriais.
Quatro projetos, entre os quais dois fundamentais para a ligação em La Raya, na província de Cáceres, e nos quais a Câmara Provincial se tem dedicado ao seu desenvolvimento, como a ponte sobre o rio Sever, no Alentejo, que liga o distrito de Portalegre com a fronteira da Estremadura através do município de Cedillo, e a chamada Rota Complementar 31 (IC 31), com perfil rodoviário, como já indicou o Governo português, que ligaria Castelo Branco à fronteira através de Monfortinho, que mais tarde viria Uniria-se à rodovia regional Ex A1 Navalmoral de la Mata-Plasencia-Moraleja.
Esta reunião, realizada na sede da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, em Castelo Branco, «demonstra – indicou o vice-presidente – o interesse do governo português e o envolvimento do Conselho Provincial de Cáceres em fazer avançar estes projectos que já são uma realidade , que vão tomando forma, que há datas e que vão permitir a aproximação das pessoas, maior competitividade e desenvolvimento e o desaparecimento de barreiras.”
“O facto de dos quatro projetos de enorme significado que Portugal tem, de norte a sul do país, para ligações transfronteiriças, dois deles afetarem a província de Cáceres, torna muito importante a nossa presença e participação nesta sessão. ”


Gutiérrez felicitou-se pelo bom andamento da obra da ponte sobre o rio Sever, “que porá finalmente fim à única fronteira privada da Europa, uma reivindicação histórica desta parte de La Raya”. Neste sentido, a reunião apresentou os progressos relativos à revisão do projecto de execução e acessibilidades, bem como a preparação para a licitação do projecto de execução e dos serviços de fiscalização de obras, que, juntamente com a resposta ao impacto ambiental, estima-se que as obras começarão em um ano. Estas obras têm um orçamento de 9 milhões de euros, provenientes de fundos europeus, e que permitirão aos habitantes desta zona atravessar o rio, percorrendo apenas 13 quilómetros e evitando o desvio que agora têm de fazer de 120 quilómetros.
Por outro lado, relativamente ao IC 31, no seu troço de Monfortinho até à fronteira, para continuar a ligação à A1 autónoma Moraleja-Plasencia-Navalmoral, os trabalhos estão a ser feitos em duas fases, estando o desenvolvimento do projecto da fase 1 já bastante avançado, para poder passar ao impacto ambiental e à licitação, e com expectativa de início de execução em 2026.
Neste sentido, o ministro português afirmou que “a construção do IC 31 é irreversível independentemente do governo que permanecer após as eleições de março”.
“Todos estes esforços – concluiu o vice-presidente do Conselho Provincial de Cáceres – permitirão uma reivindicação histórica: unir não só territórios mas pessoas e, portanto, projetos de vida”.
A par destes dois grandes projetos, o encontro abordou ainda outros dois como a Ponte de Alcoutim, no Algarve, e o troço norte Bragança-Puebla de Sanaria.

Te puede interesarCâmara Provincial de Cáceres assina protocolo de cooperação com a Associação Aldeias de PortugalCâmara Provincial de Cáceres assina protocolo de cooperação com a Associação Aldeias de Portugal

spot_img

Últimos artículos

El empleo turístico en Extremadura registra el mejor junio de la serie histórica con más de 28.000 afiliados a la Seguridad Social

Mérida, 14 julio de 2024 El empleo en el sector turístico de Extremadura creció en junio el 3,6 % en variación anual y registró un...

La Junta declara un incendio forestal en Dehesilla de Calamón, en el término municipal de Santa Cruz de Paniagua

Santa Cruz de Paniagua, a 17 de julio de 2024 El Plan de Lucha contra Incendios Forestales de Extremadura (Infoex) informa que en la tarde...

Cambrón se prepara para hacer “regilar de mieu” a las personas que visiten la localidad entre el 25 y 28 de

Cáceres, a 17 de julio de 2024 La vicepresidenta 1ª de Territorio, Cultura e Igualdad, Esther Gutiérrez, ha acompañado a la alcaldesa de Caminomorismo, Noelia...

La Junta firma con los agentes sociales y económicos el Plan director de Políticas Activas de Empleo para Extremadura 2024-2027

Intervenciones de la presidenta y de los demás firmantes. Mérida, a 17 de julio de 2024 La presidenta de la Junta de Extremadura, María Guardiola, ha...
spot_img